sexta-feira, 20 de abril de 2018

Eleições 2018 - Gestão - 3 Poderes: Como diminuir as despesas, gastar menos e melhor!

Depois de tudo que vimos e ouvimos dos acontecimentos que ocorreram ultimamente no nosso querido Brasil, devemos exigir dos nossos governantes mais Transparência, mais Ética e Honestidade  nas Negociações que ocorrem e que envolvem dinheiro público. Colocar pessoas capacitadas em todos os cargos e não simplesmente por indicação de Partidos Políticos.

A imprensa mostrou várias vezes os gastos absurdos que  ocorreram para sediar a Olimpíada e a Copa do Mundo 2014.
O Brasil seria um país bem melhor se esse dinheiro tivesse  sido aplicado na Saúde, Educação, Moradia e Segurança.

A participação popular deve ser ordeira e constante; não só em ano eleitoral, quando algumas pessoas usam a simplicidade de parte do povo brasileiro para ficar conhecido e angariar votos para uma possível candidatura. Se você fizer uma pesquisa e perguntar em quais candidatos o eleitor votou nas 2 últimas eleições, a maioria não vai se lembrar.

Sugestões de Mudanças :

01)   EXECUTIVO:
                                                                                                                                           
a) Reduzir a nomeação para  cargos de confiança. Concurso Público é a solução para preencher as vagas disponíveis.

b) Reduzir viagens desnecessárias.

c) Maior controle na contratação de empresas que participam de licitação de obras públicas.

d) Não aumentar os próprios salários (% de aumento igual a dos aposentados); diminuir os valores dos gastos para aqueles que usam cartões corporativos.

e) Reduzir o nº de Ministérios, ficando apenas 14; juntar alguns para diminuir as despesas; os nomeados (comissionados)que ficarem sem emprego deveriam prestar Concurso Público na  sua área de conhecimento e ocupar vagas dos que se aposentaram ou trabalhar na Inciativa Privada.

 f) Foro Privilegiado só para o presidente da República.

02)   LEGISLATIVO:

a) Diminuir nº de funcionários que assessoram os  gabinetes de deputados e senadores, sendo que  no seu estado e cidade poderá ter no máximo dois.
Para os que ficarem de fora, orientar para que participem dos concursos públicos que serão abertos em várias áreas de atuação.

b) Cortar despesas com correspondências (hoje temos a Internet), acabar com auxilio paletó e moradia só para aqueles que realmente necessitam.

c) Trabalhar 5 dias por semana (segunda a sexta) e não 2 ou 3 como ocorre atualmente.

d) Votar todos os projetos que estão parados a anos, como o dos aposentados (PL 4434/08), e muitos outros que estão parados.

e) Fazer uma Lei de que um Projeto de Lei não pode passar de 6 meses para ser votado, sendo aprovado ou não, com voto aberto . E os projetos que vão entrando só poderão ser votados depois de votados todos os anteriores.

f) Não aumentar os próprios salários. A Porcentagem de aumento deve ser a mesma que é dada para os aposentados e para o salário mínimo.

g) E a Reforma Política? Ao invés de diminuir o nº de partidos para no máximo 7, estamos com 35 partidos.

h) Reduzir em 1/3 o nº de Senadores (ficando 54) e em 1/3 o nº de Deputados Federais (ficando 342); nos estados e municípios, diminuir também em 1/3 o nº de deputados estaduais e vereadores.

i) Acabar com a reeleição no mesmo cargo; 5 anos de mandato; podendo concorrer em outro cargo político.

j) Prorrogar mandato de eleição para que haja coincidência a partir da próxima; economizaríamos quase a metade dos valores gastos hoje com eleições de 2 em 2 anos.

k) Fim do Voto Obrigatório; os brasileiros devem estar conscientizados e preparados para votar, analisando bem os seus candidatos; a Lei da Ficha Limpa deve ajudar, impedindo que candidatos que tem problemas com a Justiça participem das eleições.

l) Mandato: O candidato eleito deverá cumprir inteiramente o seu período de mandato ( a não ser que haja algum impedimento legal ou morte); isso evitará que candidatos fiquem menos de 2 anos no cargo que foi eleito e faça trampolim para outro cargo.

m) Acabar com o Foro Privilegiado.

03)   JUDICIÁRIO:

a) Agilizar  decisão sobre os processos em todas as instâncias,  diminuindo o nº de recursos para que não aconteça o que a mídia mostra sempre; milhares de processos empilhados nas diversas repartições judiciais. Fazer mais uso da súmula vinculante no caso de processos semelhantes.

b) Não aumentar os próprios salários. A porcentagem de aumento deve ser a mesma que é dada para os aposentados e para o salário mínimo.

c) Verificar uma maneira de acabar com indicação política para juízes ocuparem as vagas das diversas cortes que temos no país. Fazer Concurso Público, determinando quantos candidatos  deverão passar por uma segunda prova escrita e oral. Os mais bem avaliados assumiriam os seus cargos. Isso já vem sendo discutido por muitos e pode ser que aconteça.


quinta-feira, 19 de abril de 2018

Partidos Políticos no Brasil - 35 é muito!

Nosso País deveria diminuir o nº de partidos políticos e que cada candidato ou filiado, se encaixe na filosofia e plano de governo de um desses partidos.

Diminuiriam os gastos com Fundo Partidário e os eleitores teriam  mais conhecimento e uma visão mais ampla em quem devem votar.

Alguns partidos mudaram o nome; será que, em todos os partidos, seus filiados e possíveis candidatos mudarão a postura na política? 

Precisamos de Ética na Política e Honestidade dos nossos representantes;" São eleitos para servir o país e melhorar o bem estar da população e não se servir do estado brasileiro"!

Não devemos nos esquecer que muitos partidos foram criados por dissidência no seu partido de Origem ou, talvez, "por vaidade pessoal".

A Verba extra, que sobraria e que não seria usada no Fundo Partidário, poderia ser aplicada preferencialmente na Saúde; para minorar o sofrimento e espera de quem não tem um bom Plano de Saúde.


Relação dos Partidos: Registrados no TSE.
0001
SIGLA
NOME
DEFERIMENTO
PRES. NACIONAL
Nº DA LEGENDA
1
 MOVIMENTO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO
30.6.1981
ROMERO JUCÁ FILHO, no exercício da presidência
15
2
PARTIDO TRABALHISTA BRASILEIRO
3.11.1981
ROBERTO JEFFERSON MONTEIRO FRANCISCO
14
3
PARTIDO DEMOCRÁTICO TRABALHISTA
10.11.1981
CARLOS LUPI
12
4
PARTIDO DOS TRABALHADORES
11.2.1982
GLEISI HELENA HOFFMANN
13
5
DEMOCRATAS
11.9.1986
ANTÔNIO CARLOS MAGALHÃES NETO
25
6
PARTIDO COMUNISTA DO BRASIL
23.6.1988
LUCIANA BARBOSA DE OLIVEIRA SANTOS
65
7
PARTIDO SOCIALISTA BRASILEIRO
1°.7.1988
CARLOS ROBERTO SIQUEIRA DE BARROS
40
8
PARTIDO DA SOCIAL DEMOCRACIA BRASILEIRA
24.8.1989
GERALDO JOSÉ RODRIGUES ALCKMIN FILHO
45
9
PARTIDO TRABALHISTA CRISTÃO
22.2.1990
DANIEL S. TOURINHO
36
10
PARTIDO SOCIAL CRISTÃO
29.3.1990
EVERALDO DIAS PEREIRA
20
11
PARTIDO DA MOBILIZAÇÃO NACIONAL
25.10.1990
ANTONIO CARLOS BOSCO MASSAROLLO
33
12
PARTIDO REPUBLICANO PROGRESSISTA
29.10.1991
OVASCO ROMA ALTIMARI RESENDE
44
13
PARTIDO POPULAR SOCIALISTA
19.3.1992
ROBERTO JOÃO PEREIRA FREIRE
23
14
PARTIDO VERDE
30.9.1993
JOSÉ LUIZ DE FRANÇA PENNA
43
15
AVANTE
11.10.1994
LUIS HENRIQUE DE OLIVEIRA RESENDE
70
16
PARTIDO PROGRESSISTA
16.11.1995
CIRO NOGUEIRA LIMA FILHO
11
17
PARTIDO SOCIALISTA DOS TRABALHADORES UNIFICADO
19.12.1995
JOSÉ MARIA DE ALMEIDA
16
18
PARTIDO COMUNISTA BRASILEIRO
9.5.1996
EDMILSON SILVA COSTA*
21
19
PARTIDO RENOVADOR TRABALHISTA BRASILEIRO
18.2.1997
JOSÉ LEVY FIDELIX DA CRUZ
28
20
PARTIDO HUMANISTA DA SOLIDARIEDADE
20.3.1997
MARCELO GUILHERME DE ARO FERREIRA
31
21
PARTIDO SOCIAL DEMOCRATA CRISTÃO
5.8.1997
JOSÉ MARIA EYMAEL
27
22
PARTIDO DA CAUSA OPERÁRIA
30.9.1997
RUI COSTA PIMENTA
29
23
PODEMOS
2.10.1997
RENATA HELLMEISTER DE ABREU
19
24
PARTIDO SOCIAL LIBERAL
2.6.1998
GUSTAVO BEBIANNO ROCH, no exercício da presidência
17
25
PARTIDO REPUBLICANO BRASILEIRO
25.8.2005
EDUARDO BENEDITO LOPES, no exercício da presidência
10
26
PARTIDO SOCIALISMO E LIBERDADE
15.9.2005
JULIANO MEDEIROS
50
27
PARTIDO DA REPÚBLICA
19.12.2006
JOSÉ TADEU CANDELÁRIA, no exercício da presidência
22
28
PARTIDO SOCIAL DEMOCRÁTICO
27.9.2011
ALFREDO COTAIT NETO, no exercício da presidência
55
29
PARTIDO PÁTRIA LIVRE
4.10.2011
SÉRGIO RUBENS DE ARAÚJO TORRES
54
30
PARTIDO ECOLÓGICO NACIONAL
19.6.2012
ADILSON BARROSO OLIVEIRA
51
31
PARTIDO REPUBLICANO DA ORDEM SOCIAL
24.9.2013
EURÍPEDES G.DE MACEDO JÚNIOR
90
32
SOLIDARIEDADE
24.9.2013
PAULO PEREIRA DA SILVA
77
33
PARTIDO NOVO
15.9.2015
MOISES DOS SANTOS JARDIM
30
34
REDE SUSTENTABILIDADE
22.9.2015
JOSÉ GUSTAVO FÁVARO BARBOSA SILVA
18
35
PARTIDO DA MULHER BRASILEIRA
29.9.2015
SUÊD HAIDAR NOGUEIRA
35