segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

Commodities - Agricultura Familiar - Desemprego -Produção de Soja no Brasil e nos EUA.



Commodities é uma palavra derivada do Inglês Commodity , cujo significado principal é Mercadoria.

Alguns produtos que fazem parte das Commodities brasileira: Minérios (Ferro, Ouro, Alumínio,etc.), Soja (Grãos, Óleo e Farelo), Café em Grãos e moído, Boi Gordo, Suco de Laranja, Petróleo e Derivados, Etanol, Açúcar. São produtos extraídos da Natureza ou produzidos em Larga Escala para uso interno de um país ou para exportação. Mais da metade da produção de grãos no Brasil é de Soja; parte se transforma em óleo de cozinha, parte em ração (Farelo);  mais da metade  da produção de Soja é exportada.

Problemas: Com o alto desenvolvimento da Tecnologia nos últimos anos, o desemprego vem aumentando em todo o Planeta Terra.
O uso de Máquinas automatizadas, computadorizadas e  Robôs, substitui a mão de obra de muitas pessoas.

Foi o que aconteceu na grande agricultura onde, uma Colheitadeira substitui o trabalho de centenas de pessoas; na indústria automobilística temos os robôs e outros equipamentos tecnológicos que facilitam a produção de veículos.

Todos os países do mundo dependem das exportações  e importações para manter a sua economia interna em equilíbrio mas, vai chegar uma hora em que tenhamos de pensar onde queremos chegar.

Sugestão: Além da produção em larga escala na Agropecuária  para fins de exportação, os nossos governantes municipais, estaduais e federal deveriam incentivar a Agricultura Familiar para alimentação do povo brasileiro e venda em mercados; a inflação seria mantida baixa e a Saúde da população seria melhorada. Utilizar, sempre que possível a agricultura orgânica com uso dos excrementos oriundos  da avicultura, da pecuária bovina e outros. A adubação verde com a moagem de partes de plantas que são podadas, folhas e galhos, produz alimentos  que fazem bem à Saúde.

Desemprego: Incentivar as famílias que tem familiares desempregados ou que moram em áreas de risco (morros, encostas, beira de rios, palafitas) a mudar para regiões do país onde receberiam terra (ex: 10 hectares) por família e produziriam seu próprio alimento e venderiam parte da produção, organizados em Cooperativas.Os prefeitos dessas cidades receberiam uma verba do governo federal para proporcionar toda infraestrutura aos pequenos agricultores; Saneamento Básico, Escola, Creches, Mercadinhos, Postos de Saúde, etc.

Abaixo, copiei do site da Embrapa, os dados da produção de soja no Brasil e nos EUA.


"Soja em números (safra 2017/2018)"



"Atualizado em maio de 2018."
"Soja no mundo"

"Produção: 336,699 milhões de toneladas
Área plantada: 124,580 milhões de hectares
Fonte: USDA (24/05/2018)"
"Soja nos EUA (maior produtor mundial do grão)
Produção: 119,518 milhões de toneladas
Área plantada: 36,228 milhões de hectares
Produtividade: 3.299 kg/ha
Fonte: USDA (24/05/2018)"
 
"Soja no Brasil (segundo maior produtor mundial do grão)
Produção: 116,996 milhões de toneladas
Área plantada: 35,100 milhões de hectares
Produtividade: 3.333 kg/ha
Fonte: CONAB (Levantamento de maio)"
 
"Mato Grosso (maior produtor brasileiro de soja)
Produção: 31,887 milhões de toneladas
Área plantada: 9,519 milhões de hectares
Produtividade: 3.350 kg/ha
Fonte: CONAB (Levantamento de maio)"
"Paraná (segundo produtor brasileiro de soja)
Produção: 19,070 milhões de toneladas
Área plantada: 5,444 milhões de hectares
Produtividade: 3.503 kg/ha
Fonte: CONAB (Levantamento de maio)"
 
"Rio Grande do Sul (terceiro produtor brasileiro de soja)
Produção: 16,968 milhões de toneladas
Área plantada: 5,692 milhões de hectares
Produtividade: 2.981 kg/ha
Fonte: CONAB (Levantamento de maio)"
"Consumo interno de soja em grão (CONAB – 05/2018): 59,000 milhões de toneladas
Exportação de soja em grão (Agrostat): 68,1 milhões de toneladas - U$ 25,7 bilhões
Exportação de farelo (Agrostat): 14,2 milhões de toneladas - U$ 5,0 bilhões
Exportação de óleo (Agrostat): 1,3 milhões de toneladas - U$ 1,0 bilhões
Total exportado (Agrostat): U$ 31,7 bilhões"

quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Brasil 2019 - Esperança, Fé, Ética, Perseverança, Responsabilidade e Honestidade! Investir na Saúde, Educação, Trabalho, Segurança e Moradia.

O que todo Brasileiro Consciente espera para 2019: 

Depois de anos sombrios, combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro, a maioria dos brasileiros está com esperança e fé na ética e perseverança para que tenhamos um Brasil melhor para todos e não para uma minoria como vinha acontecendo. Devemos torcer  e fazer pensamento positivo para que os novos governantes, que assumiram nesse dia 01-01-2019, cumpram suas promessas de Campanha e apliquem corretamente a parte dos valores arrecadados em 5 pilares: Saúde, Educação, Trabalho, Segurança e Moradia. "Um povo educado e com saúde conseguirá tudo de bom para si, para sua Família, sua Cidade, seu Estado e seu País. 

01) Saúde: Que o atendimento seja Universal, com qualidade para todos os Brasileiros; que não faltem medicamentos nos Postos de Saúde e aqueles que precisam de remédios de Alto Custo, Quimioterapia, Radioterapia e Cirurgia não precisem esperar meses para serem atendidos. Que os médicos, recém formados e que estudaram em escola pública trabalhem pelo menos 2 anos em pequenas cidades que precisam de ter uma pessoa especializada para o primeiro atendimento; que os prefeitos, dessas pequenas e distantes cidades, promovam as condições de trabalho para esses profissionais da medicina. Colocar pessoas com capacidade para fazer a gestão das verbas para a Saúde.

02) Educação: Que os professores sejam valorizados e tenham Cursos de Atualização todos os Anos nas Universidades de Qualidade que temos em vários estados brasileiros. Que os livros didáticos sejam mais resumidos e interessantes e  que os governos estaduais que fazem as suas apostilas ou cadernos de aluno contatem as editoras para que os conteúdos dos livros distribuídos pelo MEC sejam semelhantes em cada série. Não adianta fazer livros com 300, 400, 500 , 600 páginas se os professores não tem condições de transmitir todos os conteúdos com qualidade e que a maioria dos alunos consigam entender e aprender. Devemos preparar cidadãos éticos e conscientes  para o Mundo em que vivemos. O investimento tem que ser feito desde os primeiros anos do ensino Fundamental; o aluno tem que sair do fundamental 1 sabendo ler e escrever, além de aprender as 4 operações básicas da Matemática. Pelos últimos índices, ao priorizar investir na colocação de alunos nas Faculdades e Universidades que não tiveram uma boa base no ensino fundamental e depois no médio, poderemos estar formando profissionais sem o devido preparo para enfrentar os desafios do mundo moderno e que precisarão de mais tempo para se adaptar às novas Tecnologias e Modernidade. Todos deverão ter a oportunidade de estudar em uma Universidade mas é importante estar preparado para isso. 

Antigamente: Como era o ensino?
Na década de 1960 e começo da década de 70, no ensino médio tínhamos a divisão em Científico e Clássico; Português e Matemática eram obrigatórios nos 3 anos e quem escolhia fazer o Científico tinha mais aulas de Biologia, Física e Química; os que escolhiam o Clássico e  além de Português e Matemática, tinham mais aulas de Geografia, História, Línguas (Inglesa, Francesa, Grega) e em algumas escolas até aprendiam o Latim.

O Científico era importante para os alunos que pretendiam frequentar Universidades  de Exatas ( Engenharias, Física, Química e Matemática), Ciências Médicas e Biológicas.

O Clássico atendia os alunos que pretendiam cursar Universidades que ofereciam cursos de Português, Inglês, Francês, Pedagogia, Psicologia, História, Geografia, Sociologia e Filosofia.

Magistério: Tínhamos escolas que formavam professores com qualidade para ensinar crianças a partir dos 6 anos de idade. Muitos depois fizeram o curso de Pedagogia para melhorar e aumentar os seus conhecimentos além de melhores ensinamentos para os alunos.

03) Trabalho; Investimentos em Infraestrutura, Construção Civil, Agricultura Familiar,  absorverá muitas pessoas e o desemprego irá diminuir. Aumentar a rede ferroviária federal para transporte de alimentos e minérios. Terminar as que estão inacabadas. Diminuirá o valor do frete e a poluição do ar.

04) Segurança; Muitos esperam Leis mais rígidas para alguns casos, presídios com oficinas de trabalho para reeducar os que estão arrependidos e querem voltar ao convívio social, depois de cumprir a sua pena. Quem trabalha não tem tempo de pensar em coisas ruins!

05) Moradias Populares a preços subsidiados para tirar os moradores que vivem em situações precárias em área de risco (morros, encostas, beiras de córregos e rios). Deixar alicerce pronto para construção de mais 1 ou 2 quartos e mais um banheiro; as pessoas, com seus esforços, poderão aumentar o tamanho da residência de acordo com a necessidade de cada família. Incentivar também os mutirões para baratear o custo dessas moradias. Dias atrás, a mídia mostrou famílias construindo suas moradias em sistema de mutirões e a felicidade de entrar e morar na casa que construíram.

Importante ter Saneamento Básico nesses bairros, com água tratada e esgoto levado para uma estação de Tratamento; além disso uma Coleta Seletiva do Lixo (Orgânico e Recicláveis).