segunda-feira, 24 de julho de 2017

Campinas - Fotos de Calçadas e Pontos de ônibus da Av. Francisco Glicério. Vamos limpar e preservar!

Av. Francisco Glicério - Esperamos que Providências estejam sendo tomadas pelos setores Responsáveis; muita sujeira nas Calçadas e Pontos de ônibus com Pichação e Propaganda.

Tirei as fotos abaixo para mostrar a situação em que se encontra as calçadas da Av. Francisco Glicério:










Minha sugestão continua: Dar um desconto no IPTU ou ISSQN para que os Comerciantes das Lojas Fixas e os donos de Banca de Alimentos ou Jornais limpem todo dia de manhã a frente dos seus estabelecimentos, varrendo o lixo, ensacando e lavando a calçada da frente do seu estabelecimento. Os comerciantes de Fast Food poderiam colocar os sacos de lixo nos Contêiners perto do horário de coleta pela Renova; evitaria que os Catadores ou outras pessoas rasgassem os sacos de lixos para ver se tem algum produto para Reciclagem, embora esses locais deveriam ser usados somente para colocar lixo Orgânico e não material que poderá ser reciclado. Alguns (poucos) comerciantes já orientam os funcionários para varrer ou lavar as calçadas.

Importante: não varrer o lixo para as bocas de lobo, bueiros ou ralos. 

A Av. Glicério ficou linda com fiação embutida mas a falta de Cidadania e Conscientização de parte da população deixa sujeira por todo lado. Entregar folhetos nos pontos de ônibus pedindo a colaboração da população para manter a calçada limpa.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

ONCOLOGIA - Radioterapia e Equipamentos Novos ainda não Instalados!

Muitos brasileiros que assistiram o Programa  "Bom dia Brasil" da Rede Globo, Quarta Feira, 19/07/2017, ficaram estarrecidos com o descaso na gestão de alguns Hospitais Públicos; receberam os Aparelhos para Radioterapia e segundo a reportagem muitos deles ainda estão nas caixas, aguardando a instalação.

O Jornalista, Alexandre Garcia, fez os comentários sobre o assunto e definiu numa frase antiga o que está acontecendo na Saúde Pública do Brasil.

19/07/2017 Bom Dia Brasil
http://g1.globo.com/bom-dia-brasil
Bom Dia Brasil
'O carro ficou à frente dos bois', diz Alexandre Garcia

O ministro da Saúde, Ricardo Barros PP/PR, disse que no Brasil tem muitos aparelhos. Segundo dados da Internet ele é engenheiro. "Se o Ministério da Saúde tivesse um médico com conhecimento de Gestão no seu comando, providências urgentes seriam tomadas"? A população seria melhor atendida?

Será que o ministro viu na reportagem da Globo, pessoas tentando agendar a sequência  do tratamento oncológico? Muitos equipamentos instalados no setor de Oncologia estão sem funcionar por falta de manutenção (como mostrou a Reportagem).

O ministro "talvez" não tem a informação de que a maioria dos aparelhos novos ainda está nas caixas, esperando local apropriado para a instalação. "Será que ele e equipe não se sensibiliza com a situação"; "Chico Pinheiro, apresentador do Programa" ficou estupefato com a tranquilidade do ministro ao ser questionado sobre o assunto".

"Será que antes de adquirir todos esses aparelhos, os hospitais deveriam fazer planejamento"? Para que sejam instalados eles dependem de um local apropriado, evitando que a Radiação saia da sala. A instalação elétrica tem que ser  compatível com o que consta no manual de instalação?

"Não se começa uma casa pelo telhado"!
O importante não é mostrar na mídia que os equipamentos foram comprados; a população quer vê-los funcionando!

Muitos desses aparelhos, citados na reportagem (fotos abaixo) devem estar nas caixas há muito tempo. Comprar só por comprar ,não resolve os problemas de quem necessita de Radioterapia para tratamento dos mais variados tipos de Câncer.


 
Essas 2 fotos (G1 Globo), foram copiadas da Internet somente para fins ilustrativos.

A resolução do CNEM abaixo está disponível na Internet para quem se interessar em ler as normas para construção dos locais onde vão ser colocados os aparelhos de Radioterapia.

Resolução CNEN nº 130, de 31.05.2012 - DOU de 04.06.2012 Dispõe sobre os requisitos necessários para a segurança e a proteção radiológica em Serviços de Radioterapia. 


segunda-feira, 17 de julho de 2017

Trânsito nas Principais Rodovias do estado de São Paulo; As imprudências e imperícias são constantes! E o uso de Drogas?

Acidentes de Trânsito nas Estradas de São Paulo. Embora o estado de São Paulo tem as melhores e mais bem conservadas rodovias do Brasil, muitos motoristas e motociclistas abusam abusam da velocidade e da ultrapassagem em locais proibidos.
Todos os dias, vemos reportagem de acidentes com mortos e feridos nas principais rodovias do estado de São Paulo. Algum tipo de bebida alcoólica ou droga, ingerida por alguns motoristas, alteram a percepção e reflexo; muitos desses acidentes podem ser provocados por essa atitude errada.

Em tempo: Na semana de 14 a 16/07/2017, a mídia mostrou vários acidentes com mortos e feridos. O consumo de álcool e outras drogas, a impudência de alguns motoristas ou motociclistas, provocaram vários acidentes.

O que se pode notar é que boa parte dos condutores de veículos não obedecem as placas de Regulamentação e de Sinalização que são colocadas nas Rodovias.

Locais em que a velocidade para Carros é de no máximo 100 Km/hora, por exemplo, podemos notar alguns ultrapassando a mais de 130, 140 km/hora. Embora tenha muitos radares fixos, os carros mais modernos e luxuosos tem um dispositivo que avisa a presença dos mesmos. Só são multados quando se tem radares móveis ou quando um policial rodoviário avisa o outro lá na frente para parar o veículo e aplicar a multa. Só que esses motoristas não pensam nos acidentes que possam provocar e nem pensam neles também.

Muitos motoristas de caminhões e carretas abusam da velocidade, não respeitando o limite colocado nas placas; muitos desses caminhões podem estar com excesso de peso na carga e ainda muitos deles não tem uma manutenção adequada; podem ter problemas nos freios, pneus carecas ou restaurados de má qualidade.Alguns dirigem por  muitas horas e podem dormir ao volante, provocando acidentes. "Alguns, segundo reportagens ,dirigem sob o efeito de remédios ou de outro tipo de droga". Com isso perdem o reflexo e acabam provocando acidentes graves.

Exemplo: Se você observar o trânsito na Via D.Pedro I, desde o entrocamento com a Via Anhanguera até a entrada para Valinhos, nota várias infrações de trânsito que acontece o dia todo. Excesso de velocidade, ultrapassagem indevida, não sinaliza quando vai mudar de faixa, uso de celular ao volante e outras.

Muitos motociclistas também fazem ultrapassagem proibida e perigosa.

A faixa contínua é uma das mais desrespeitadas; o que acontece também com a placa"Dê a preferência" que antigamente se chamava de "Via preferencial adiante".

Campinas- Av. Francisco Glicério com fiação embutida mas com Calçadas e Pontos de ônibus muito sujos!



Quem foi Francisco Glicério?


"Francisco Glicério de Cerqueira Leite, nasceu em Campinas em 15/08/1846 e faleceu no Rio de Janeiro em 12/04/1916." "Jornalista, político, professor, general honorário do exército brasileiro"

"Junto com Quintino Bocaiuva e Aristides Lobo, foi responsável pela escolha dos integrantes do 1º governo provisório da República".
"De 1890 até 1891 trabalhou na Pasta da Agricultura; de 1902 a 1916 foi senador da República por São Paulo".
Este pequeno resumo foi copiado da Internet do site: de.ufcg.br/biografias/Franc GCL.html.(Universidade Federal de Campina Grande/PB).

Reforma da Av. Francisco Glicério e das calçadas.

Fios embutidos, faixas de trânsito bem feitas, Bancas limpas e modernas nas Calçadas mas, infelizmente, a falta de educação ambiental e conscientização de muitas pessoas vem deixando as calçadas imundas, os pontos de ônibus pichados (com lixo no chão) e com propagandas. As Lanchonetes e Restaurantes colocam os sacos de lixo nos Contêiners mas muitos são rasgados ou revirados e o chorume esparrama nas calçadas. Talvez colocando os sacos de lixo mais perto do horário da coleta melhore a situação.

Os pontos de Taxi são organizados mas, nos locais reservados para Carga e Descarga alguns não respeitam; nos locais de estacionamento para Idosos e Portadores de Necessidades Especiais, alguns estacionam sem colocar o cartão de autorização da Emdec. Alguns estacionam sem ligar o pisca alerta (onde pede), outros estacionam na Diagonal (ficando uma parte do veículo no leito da avenida). Depois que levam multa reclamam sem razão.

As tampas de inspeção da Sanasa são bonitas mas parecem frágeis; tem muitas quebradas ou já faltando; meses atrás tinha funcionários recolocando novas tampas; pode ser também que passam carrinhos ou coisas pesadas por cima e elas trincam.

As de metal, que tinha antigamente e ainda tem em algumas ruas do centro foram tiradas não sabemos para que;" talvez vender para reciclagem" ou ...

Alguns pisos, que foram colocados nas calçadas trincaram; foram tirados logo depois das reformas e colocados pisos novos; talvez, a falta de cuidado de passar com algum carrinho com peso em cima pode estar causando essas trincas ou quebras. Seria importante fazer (caso ainda não façam), revisão mensal nas calçadas da avenida e acertar o que pode estar com problemas.

Sugestão: Fazer panfletos e distribuir por alguns meses nos pontos de ônibus, para conscientizar a população para não jogar lixo no chão; Fica a dúvida: se colocar mais lixeiras melhora ou resolve a situação? Orientar os lojistas e pedestres para não jogar nada nos bueiros e bocas de lobo. Quando for varrer ou lavar a calçada, juntar o lixo antes e colocar num saco plástico.

Conversar com os comerciantes para que façam a limpeza em frente do seu comércio; como contrapartida dar um desconto no IPTU ou no ISSQN.

Alguns já lavam as calçadas no período da manhã.
Vamos deixar tudo limpo e bonito como era no dia da inauguração!

sábado, 15 de julho de 2017

Saúde Pública - Falta de Leitos - Demora para conseguir uma consulta no SUS e em alguns Convênios. Como Solucionar o Problema?

Campinas - São Paulo - Brasil : Uma cidade com mais de 1 milhão de Habitantes que integra a Grande Região Metropolitana e é muito procurada pela qualidade e preparo dos profissionais que atuam na área da Saúde.

Temos Vários Hospitais (entre eles 2 Universitários, Unicamp e Puccamp), Madre Teodora, Beneficiência Portuguesa, Vera Cruz, Casa de Saúde (tem mais um novo não concluido), Samaritano, Mário Gatti, Santa Sofia, Celso Pierro, Penido Burnier, Santa Tereza, Maternidade de Campinas, Centro Médico e Hospital Boldrini  (Barão Geraldo) e outros. Temos vários Day Hospital e Clínicas ótimas em todas as especialidades,

Mas a quantidade de leitos não é suficiente para atender a demanda de Campinas e Região.

Temos equipes competentes de Médicos, Enfermeiros, Auxiliares de Enfermagem e funcionários da administração. Mas, a maioria, precisa de uma melhor estrutura para trabalhar.

As pessoas que tem condições de pagar um bom Convênio Médico, conseguem uma atendimento mais rápido; mas aqueles que, por algum motivo, deixaram de pagar o Convênio ( desemprego, mensalidades caras), passaram a depender do SUS ou de algumas clínicas que oferecem um preço mais acessível nas consultas com especialistas e nos exames médicos complementares.

O problema mais grave, para os que não tem condições de ter ou pagar um bom convênio médico, além da falta de leitos é a dificuldade e demora para ser atendido por um médico especialista. Muitos esperam meses por uma consulta.

Toda semana, vemos reportagens do Brasil inteiro, mostrando a falência do serviço público de Saúde em várias cidades nos mais diferentes estados; falta de médicos, falta de material básico, aparelhos sem manutenção, falta de ambulâncias e outros. Pessoas colocadas em macas nos corredores dos hospitais. Ambulâncias paradas por falta de macas; os pacientes ficam nessas macas ou em colchões no chão até liberar um leito no quarto;"Foi o que mostrou a reportagem do G1 de 08/06/2017, copiada abaixo da internet só para fins ilustrativos".

"Hospital em SP tem pacientes em macas nos corredores e em colchões no chão
Também foram registradas imagens de sujeira em banheiros do Pronto Socorro Vermelhinho, na Zona Norte. Representante da Secretaria da Saúde informou que hospital será reestruturado em um mês.



Por Do G1, São Paulo
08/06/2017 09h24  Atualizado 08/06/2017 09h26"



Sugestão: Pegar todo esse dinheiro que está sendo recuperado pelas ações da Justiça e aplicar na Saúde. Colocar sempre pessoas competentes para fazer a Gestão Financeira dos Hospitais e Postos de Saúde.
"Um povo com Saúde e Educação de qualidade consegue tudo de bom na vida"

quarta-feira, 5 de julho de 2017

REFORMA POLÍTICA : Pra Valer nas próximas eleições tem que ser concluída ATÉ SETEMBRO DE 2017 !

Além das Reformas que já estão para análise e votação no Congresso Nacional (Trabalhista e da Previdência), o Brasil precisa Urgente de uma Reforma Política. Alguns países que mudaram o sistema de governo Presidencialista  para Parlamentarista melhoraram. Será que será aplicado no Brasil?

"Países que adotaram o Sistema Parlamentarista":
Dados da Internet.site: politize.com.br


  • "Europa: Alemanha, Suécia, Itália, Portugal, Holanda, Noruega, Finlândia, Islândia, Bélgica, Armênia, Espanha, Grécia, Estônia, Polônia, Sérvia e Turquia;
  • América do Norte: Canadá;
  • Ásia: Japão, Índia;
  • Oceania: Austrália;
  • Oriente Médio: Egito e Israel".

Atenção: Essa Reforma Política tem que ser feita até Setembro de 2017 para que as mudanças passem a valer nas eleições de Outubro de 2018 ou em 2019 se houver concordância em se fazer as eleições gerais no pais (em todos os níveis), com mandato de 5 anos.

Importante também diminuir o nº de deputados federais e no caso dos cargos dos 81 senadores deveriam ser feitos estudos se poderiam ser divididos proporcionalmente de acordo com a população de cada estado brasileiro (no mínimo 1 e no máximo 4). Os eleitos não tem que se preocupar só com seus estados mas com o Brasil. Na França, saiu na mídia essa semana, o presidente francês sugeriu diminuir 1/3 dos parlamentares.

O deputado Clodovil (in memoriam), sugeriu, em 2008, a diminuição de 513 para 250 deputados federais, mas a PEC 280/2008 Proposta de Emenda à Constituição não foi aprovada pelos deputados. Se no Brasil diminuísse pelo menos um 1/3 , teríamos então 342 deputados e menos gastos para a nação.

Alguns especialistas fizeram a sugestão de se acabar com os cargos de Vice presidente, Vice governador e Vice Prefeito.
Cargos de Confiança só para ministros e secretários; concurso público para assessores de políticos e  juízes de todas as instâncias. Os cargos de 2º e 3º escalões deveriam ser disputados em Concurso Público por pessoas capacitadas em cada área de governo. Alguns sugerem concurso público para juízes do STF, STJ, PGR e Tribunais de Contas da (União , Estados e Municípios).

Terminar com cargos de  comissionados (alguns  podem ser apadrinhados políticos) e abrir concurso para aproveitar essas pessoas em cargos vagos em vários setores das administrações públicas em geral (federação, estados e municípios). Os assessores dos políticos deveriam prestar concurso público e não simplesmente serem nomeados; e o nº deveria ser reduzido.

Campinas-SP, Câmara de Vereadores, foi um exemplo de redução de nº de assessores, por decisão final do STF.

Deveria ser votado o fim das reeleições em todos os níveis; quem sair de um cargo político só poderá participar de uma eleição seguinte em outro cargo. Ex: Se for prefeito na outra eleição só poderá participar e concorrer a outro cargo público (vereador, deputado estadual ou federal, senador, governador ou presidente).

Com eleições num mesmo ano para todos os cargos (municipais, estaduais e federal), os gastos seriam reduzidos e os governantes teriam mais dinheiro para  ser aplicado áreas importantes como Saúde, Educação, Moradia, etc. "Um povo com Saúde, Educação, Moradia e Trabalho", conseguirá tudo de bom na sua caminhada. 

Precisa ser estudada a prorrogação dos mandatos de presidente, governadores, senadores e deputados federais e estaduais  até 2019 e se adequar, encurtando os mandatos de prefeitos e vereadores. Assim teríamos um só dia de eleição a cada 5 anos.

Mandato de 5 anos; se o candidato que está num cargo fizer um bom trabalho, poderá ser eleito em outro cargo na política. Não poderá se reeleger no mesmo cargo por 10 anos.

Conselho Político: Os deputados, senadores, vereadores e políticos mais antigos que se aposentaram e fizeram um bom trabalho no tempo que estiveram na vida pública, com ética e tantos outros Valores Humanos, que foram deixados de lado por alguns, poderiam formar um Conselho Consultivo (sem remuneração) para orientar os mais novos que estão entrando na política. Teriam que morar na mesma cidade para evitar gastos extras.

Parece que alguns políticos, há vários mandatos no mesmo cargo, se acomodaram e não pensam no bem estar do seu país e do seu povo.

O  Brasil não pode ficar travado e sujeito a 35 partidos políticos para voltar a crescer; criar empregos e diminuir as desigualdades sociais, sem demagogia, deve ser a tônica; isso é possível com a União de todas as forças políticas, deixando as vaidades pessoais de lado.

Precisamos de uma  Reforma Política Radical e Urgente, com no máximo 5 partidos e que cada político se encaixe no programa desses novos partidos.

Fundo Partidário;  Com menos partidos, os gastos seriam menores e teríamos mais recursos para aplicar na Saúde, Educação e Moradia. Segundo os especialistas  é preciso acabar com partidos que só aumentam o tempo de propaganda política dos partidos maiores que tem mais representantes.

Várias mudanças estão sendo avaliadas no Congresso Nacional. As cláusulas de barreira em estudo no Congresso  e a sugestão para que alguns partidos se juntem e formem uma federação de partidos, poderá confundir ainda mais os eleitores que não tem acesso à todas essas informações. A coligação de partidos deveria acabar para evitar o que falam os especialistas; venda e aumento de tempo no rádio e  na televisão, promessa de cargos de confiança e outros nas novas administrações. O tempo nas rádios e emissoras de TV deveria ser dividido igualmente para os 5 partidos, evitando possíveis vantagens de um sobre outro ao expor suas ideias e programas de governo e gestão.

Obs: Federação de Partidos: É uma sugestão de alguns políticos no caso de  coligações; alguns partidos se juntariam e formariam uma federação. Se diminuirmos para 5 partidos, essa orientação não tem sentido. O melhor para o pais será diminuir o nº de partidos. Acabaria a "venda ou negociação do tempo de propaganda no rádio e na televisão".

Cópia tirada da Internet; Rádio Câmara de 08/06/2015.(texto em itálico).

"O relatório da PEC da Reforma Política (PEC 182/07), do deputado Rodrigo Maia, do Democratas fluminense, também estabelece que os partidos que formarem coligações para a disputa de eleições proporcionais (deputados federais, estaduais e vereadores) sejam obrigados a permanecer juntos por quatro anos, atuando em bloco parlamentar, até o fim da legislatura, na Casa para a qual elegeram seus representantes. É a chamada federação de partidos, que não é prevista em nossa legislação eleitoral. O deputado Chico Alencar, do Psol fluminense, criticou a manutenção das coligações proporcionais, e defendeu as federações".
x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.

Reforma Política:

"Em 18/06/2105, foram aprovadas algumas Reformas Políticas; mas segundo os especialistas elas são tímidas e o assunto principal que era a diminuição de partidos não entrou em pauta. Quem quiser consultar é só digitar "Reformas Políticas Aprovadas" e no texto aparecerá o que foi aprovado".

Sugestão:  05 partidos no máximo.

01) Um partido de Centro.
02) Um partido de Centro Direita.
03) Um partido de Direita.
04) Um partido de Centro Esquerda.
05) Um partido de Esquerda.

Os novos nomes desses partidos deverão ser escolhidos pelas lideranças políticas e seus seguidores em reuniões e discussões com seus eleitores.

Mudança na questão de votação: Voto distrital e Voto distrital misto. Mais fácil do eleitor cobrar do seu candidato as promessas de campanha. Tem também o Voto  Distritão (segundo alguns, esse não e o ideal).

UOL - 02/07/2013- explicação dos 3 tipos de votação; copiei e colei abaixo para leitura dos Internautas.

 "Voto distrital: nesse tipo de votação, o Estado seria dividido em vários distritos, e cada distrito elegeria um deputado por maioria simples (50% dos votos mais um). Assim, o candidato mais votado é eleito".


"Voto distrital misto: É uma combinação do voto proporcional e do voto majoritário, de acordo com proposta em tramitação no Senado. Os eleitores tem dois votos: um para candidatos no distrito e outro para as legendas (partidos). Os votos em legenda (sistema proporcional) são computados em todo o estado ou município, conforme o quociente eleitoral (total de cadeiras divididas pelo total de votos válidos). Já os votos majoritários são destinados a candidatos do distrito, escolhidos pelos partidos políticos, vencendo o mais votado".


 "Voto "distritão": proposta semelhante à do voto majoritário. Seriam eleitos os candidatos mais votados nos Estados e no Distrito Federal, que seriam entendidos como circunscrições eleitorais, ou seja, não seriam divididos em distritos - daí o nome "distritão". O sistema seria semelhante ao do voto majoritário - usado para cargos do Executivo e para o Senado -, só que para deputados federais, estaduais e vereadores".

quarta-feira, 14 de junho de 2017

AZEITE. "Os cuidados na hora da Compra"- Será que é Mesmo Azeite Extra Virgem?

Com tantas marcas e procedências (vários países) de Azeites à venda nos Supermercados, Atacadistas, Mini Mercados, Mercearias, Armazéns e outros lugares, todo cuidado é pouco na hora da compra.

Se você pretende comprar um Azeite de "boa qualidade", não se preocupe somente em observar os preços mais baixos, mas ler com atenção no rótulo de trás, onde tem os dados técnicos do produto ,que tipo de azeite é e se tem alguma mistura na sua composição. A relação da composição do azeite está impresso em letras minúsculas(bem pequenas).

Alguns azeites que são vendidos por menos de R$10,00 (Dez Reais) a embalagem com 1/2 litro (500 ml), não são produzidos somente a partir de azeitonas mas tem na sua composição outros produtos conforme testes da PROTESTE, colocados no final do texto; ao examinar vários tipos que marcam "Azeite Extra Virgem" no rótulo; o teste mostrou, que  na verdade, é uma mistura de outros tipos de óleo. Será que é colocado um pouco de azeite  ou outro produto que possa destacar a presença do cheiro de azeitona ou se o aroma é mesmo do azeite colocado na embalagem?Algumas empresas estão usando o adjetivo "SUAVE", no rótulo da embalagem do azeite extra virgem. Segundo os especialistas os melhores azeites extra virgem tem sua acidez variando de 0,50% para baixo.

Do site "Ciência Viva", copiei, para leitura, o texto abaixo:
Azeite Virgem 

É o óleo extraído das azeitonas, frutos da oliveira (Olea europaea), depois de separado da água de vegetação e isento de partículas da pele, da polpa, do caroço e da amêndoa. Para obter 1 litro de azeite virgem são necessários 5 Kg de azeitona.

A extracção do azeite realiza-se por meios mecânicos ou processos físicos de capilaridade e tensão superficial. Ao contrário do que acontece com os óleos vegetais, não são admitidos para este óleo, solventes ou métodos químicos de extração. O azeite distingue-se por se tratar de uma gordura proveniente da polpa da azeitona, ao contrário dos restantes óleos alimentares que são obtidos a partir das sementes de diversas espécies vegetais. Deste modo o azeite é considerado um óleo da polpa de um fruto.

A gordura do azeite é fundamentalmente constituída por triacilgliceróis, os quais possuem elevado teor em ácido oleico (superior 78%), baixo teor em ácidos gordos saturados, e teores reduzidos de ácidos polinsaturados, em particular ácido linolénico (inferior a 1,5%), principal responsável por alterações das gorduras por processos oxidativos. As suas características encontram-se definidas na NP-972 (1989) e no Jornal Oficial das Comunidades Europeias L248 (1991). 

Obs: Se o preço médio de 1 kg de azeitona verde, a granel , está entre R$16,00 e R$20,00, mais ou menos, como 1/2 litro de azeite extra virgem "verdadeiro" pode ser vendido por um valor tão baixo? Alguns tipos de azeitonas são vendidos por até R$25,00 o kg e outros tipos pode chegar a R$60,00; sem caroço é mais cara ainda. A cotação do preço da azeitona (NA EUROPA), in natura, a venda pelos produtores varia de 2,5 a 3,5 Euros, dependendo do tipo, SEGUNDO publicação em alguns sites.


PROTESTE

Os dados e fotos de 6 azeites (colocadas no final do texto), que não passaram nos testes, foram copiados do site da "PROTESTE".

"Marcas de azeite extravirgem que passaram no teste Proteste". "No final do texto, as fotos dos azeites que não passaram nos testes".
O-live & Co (foi considerado a melhor opção entre todas)
Andorinha
Carbonell
Filippo Berio
Qualitá                                              
Cardeal
Renata Superiore
Cocinero
Taeq
Borges
Gallo
La Spañola
La Violetera
Broto Legal Báltico
Serrata
Carrefour


         
Fotos de alguns Azeites, copiadas da Internet só para fins meramente ilustrativo. Estão na lista acima dos Aprovados pela Proteste!


"VITÓRIA: Conseguimos vencer a censura! Devido a uma ação movida pela marca Tradição, havíamos sido proibidos judicialmente de divulgar os resultados deste teste. Mas, graças aos esforços dos consumidores e da PROTESTE, você terá acesso a todas as informações desta avaliação. Mais de 3600 consumidores apoiaram nosso movimento pela liberação dos resultados e mais de 250 mil associados permitem que nossas análises independentes sejam feitas. A todos, o nosso muito obrigado!"
"Contudo, a nossa luta não chegou ao fim: podemos ser censurados novamente, a qualquer momento. Continue ao nosso lado, para que a verdade sempre possa prevalecer".
"Mais uma vez, colocamos os azeites extra virgens no banco dos réus. E, dos 24 testados, uma boa notícia: 16 (citados acima) foram absolvidos. Você pode usá-los na alimentação sem medo de ser passado para trás. Porém, corte de sua lista de compras seis marcas: Tradição, Figueira da Foz, Torre de Quintela, Pramesa, Lisboa e Beirão".
A Proteste colocou no seu site as fotos dos produtos abaixo que não deverão ser comprados se o cliente quiser um azeite de qualidade.Cada consumidor deve analisar e comprar o que achar melhor para ele e sua família.
A responsabilidade das fotos abaixo é da Proteste; foram copiadas só para ilustração. As empresas que fabricam os produtos abaixo tem todo o direito de contestar e provar para a Proteste que coloca azeite na embalagem. Nós, consumidores, devemos ficar preocupados com o que tem na embalagem; o azeite puro extra virgem faz muito bem à Saúde.


Obs: Quem quiser saber mais sobre os Testes dos Azeites é só entrar no site da Proteste.
www.proteste.org.br/alimentaçao/azeite.





terça-feira, 6 de junho de 2017

Impressoras HP - Cartuchos - Volume e rendimento por Cartucho !

A empresa HP fabrica produtos de Alta Qualidade, tanto Impressoras como Cartuchos.

Mas os Cartuchos vem com pouca Tinta e são caríssimos. A HP lançou a impressora com Tanque de Tinta, no  valor de R$1.099,00 (10 parcelas de R$109,90 em algumas redes de lojas). Para quem imprime muito é vantagem comprar a nova impressora.Veja o preço médio dos cartuchos nesse mês de junho de 2017, nas lojas e nos sites.

O de 2 ml - 662 -   preto está sendo vendido por volta de R$ 39,90.
O de 2 ml -662 -colorido está sendo vendido por volta de R$ 44,90.
O de 6,5 ml-662 XL preto está sendo vendido por até de R$ 89,90.
O de 8 ml-662 XL - colorido está sendo vendido por até R$ 114,90.


"Fotos dos cartuchos foram  copiadas da internet somente para  fins ilustrativos".



Já o Refil para Impressora HP- tanque jato de tinta custa por volta de R$59,90 cada um; como são 4 cores (total dá R$ 239,60). A empresa HP diz que dá para imprimir até 5.000 páginas; não explica se é página totalmente digitada, 1/2 página ou com poucas linhas. A foto abaixo foi copiada da Internet só para ilustração.
Obs: Economia Garantida.

Algumas lojas tem promoção. Acredito que a HP poderia baixar os preços dos cartuchos e também colocar mais tinta nos mesmos.

Sugestão: Colocar uma Promoção; "Comprando dois Cartuchos pretos 662 XL e dois Cartuchos coloridos 662 XL você ganha a Impressora  Jato de Tinta 2546".

Mesmo respeitando a Tecnologia dos Cartuchos HP e a qualidade da Tinta, o preço médio de 1 litro de tinta preta ou colorida deve custar por volta de R$10 mil Reais. Precisaríamos saber quanto custa um cartucho HP vazio para se fazer o cálculo correto de quando custaria um litro da tinta preta ou colorida.

Copiei, abaixo, do site da Loja HP , os dados dos 4 tipos de Cartuchos para Impressora 2546 ( 662 e 662 XL).

Cartucho1
Rendimento médio2
Volume de tinta3
Cartucho de Impressão de três cores HP 662 (CZ104A)
100 páginas padrão
2.0 ml
Cartucho de tinta preto HP 662 (CZ103A)
120 páginas padrão
2.0 ml
Cartucho de Impressão de três cores HP 662 (CZ106A)
330 páginas padrão
8.0 ml
Cartucho de tinta preto HP 662 XL (CZ105A)
360 páginas padrão
6.5 ml



Dependendo do total digitado e do tamanho da letra que será impresso num sulfite A4, por exemplo, o volume de tinta dos cartuchos acima, poderá imprimir mais ou menos 1/3 do total de páginas do quadro acima.

No site da HP tem explicações técnicas para isso e quem se interessar deverá entrar no site, embora essas orientações poderão não ser bem interpretadas pelos consumidores, devido a complexidade das mesmas.

Seria importante que os especialistas da HP explicassem melhor sobre a quantidade de páginas (com 10,20,30 ou 40 linhas) que poderão ser impressas de acordo com o tipo de letra (arial, calibri ou outra) no tamanho 10, por exemplo, com um cartucho 662 XL preto de 6,5 ml.

Um página cujo texto tem 36 linhas no tamanho 10; quantas folhas de sulfite A4 poderão ser impressas no tipo de letra calibri, por exemplo, com um cartucho 662 XL Preto?

Nós, consumidores, deveríamos ligar no 0800-709-7751 da HP e solicitar melhores explicações sobre o rendimento dos cartuchos (mais objetivas e menos técnicas). 


sábado, 20 de maio de 2017

Chuveiros, Duchas e Torneiras Elétricas - 110 V e 220 V- Resistências (Resistores).

As Indústrias Brasileiras fabricam Chuveiros, Duchas e Torneiras Elétricas de Qualidade; só que os resistores (resistências como são conhecidas popularmente) apresentam um problema grave, mas fácil de ser resolvido. Os terminais dos chuveiros e duchas, que recebem a corrente elétrica, são feitos de cobre ou de uma liga de metais; a espessura desses terminais é muito fina e como podem sofrer a ação dos produtos químicos que vem na água tratada, ficam esverdeados (com cinábrio ou zinabre), acabam se rompendo e as pessoas tem que terminar o seu banho com água fria.

Nas torneiras elétricas pode acontecer a mesma situação.

Não devemos esquecer da importância de revisão na parte elétrica, usando fiação compatível na instalação e disjuntor correto para cada local do imóvel (110 V ou 220 V).

Uma sugestão: todos poderiam ajudar na melhoria de duração  de uso dessas resistências, ligando no 0800 da indústria que fabricou sua ducha ou chuveiro, pedindo para melhorar a qualidade dos terminais.

Na Internet tem umas dicas para limpar essa parte esverdeada; 1/2 copo de água, 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio e uma escova de dente usada; passar e depois de 3 minutos limpar. Não devemos ficar abrindo um chuveiro ou ducha para fazer limpeza, pois poderemos correr o risco de danificar o terminal.

Em tempo: Seria importante essas indústrias colocassem nos terminais dessas resistências um fixador mais espesso; ela duraria mais e a natureza agradeceria. Nem que cobrasse 2 a 3% a mais no preço dos produtos mencionados no texto.

Copiei da Internet algumas fotos de Resistências (Resistores), para ilustrar o texto acima. O terminal de metal, amarelado, é que acaba se rompendo. A parte "enrolada" da resistência (liga de Níquel-Cromo) pode se romper quando esquecemos (depois de instalar o chuveiro ou ducha) de soltar água fria primeiro, antes de ligar na temperatura desejada para o banho.
 

 

 


 


Copiei da Internet o pequeno texto abaixo para explicar o termo Resistor.

Resistor é um componente elétrico passivo, que transforma a energia elétrica em energia térmica (calor). O que comumente chamamos de resistência de um chuveiro é um resistor, em geral feito por um fio de uma liga metálica de níquel-cromo. Porém o termo resistência é tão largamente empregado, que falar de resistor de um chuveiro pode, à primeira vista, parecer estranho para quem não conhece o termo.

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Pesos e Medidas; as observações na hora de comprar !

Para não "aumentar os preços", as indústrias de Balas, Doces, Barras de Cereais, Barras de Chocolate, Caixas de Bombons, Pães Light, Pães com farinhas integrais e outros produtos alimentícios, vem adotando a prática de diminuir a quantidade de alimentos dentro das embalagens e muitas dessas empresas mantém, praticamente igual, o tamanho das embalagens. As de Papel higiênico mudaram a metragem e algumas de Papel toalha diminuíram a quantidade .

Por isso, a população tem que tomar os devidos cuidados na hora das compras, observando, alem da quantidade marcada na embalagem a validade dos produtos.

Exemplos:
01) Os pacotes de 1 kg. Balas: em princípio tinham realmente 1 kg de bala, mas aos poucos essa quantidade foi diminuindo, chegando hoje, em algumas marcas, a 600 gramas; porem os preços não baixaram na mesma proporção e o tamanho da embalagem continua praticamente o mesmo.

02) Barras de Cereais: tinham 30 gramas e hoje tem perto de 20 gramas.

03) Barras de Chocolate; antes tinham 200 gramas e agora encontramos marcas diferentes com variação de 115 gramas até 150 gramas. A embalagem continua, praticamente, do mesmo tamanho porem a barra de chocolate está mais fina.

04) Caixas de Bombons: No começo eram de 500 gramas; depois surgiram as de 300 gramas e as marcas mais famosas do mercado hoje tem 300 e 302 gramas; como algumas caixas diminuíram apenas na altura, a maioria dos compradores não percebe que diminuiu a quantidade de bombons.

05) Pães especiais: os de 550 gramas, com farinha integral de uma grande empresa multinacional passou a ter 500 gramas na embalagem; preço continua mesmo da embalagem maior; fazendo as contas o preço do pão subiu perto de 11,1%. Os de 500 gramas passaram a ter 450 gramas o que ocasionou o mesmo aumento de 11.1%.

06) Papel toalha; algumas empresas mudaram de 60 para 50 ou 55 folhas na embalagem.

07) Devemos lembrar também que, até a década  de 1990, os rolos de papel higiênico tinham 40 metros; há muitos anos eles tem 30 metros; a única coisa que aumentou no rolo de papel higiênico foi o tubo do papelão. Não baixaram os preços.

Esses são apenas alguns produtos em que observei essas diferenças.
O Instituto de Pesos e Medidas deveria, caso não exista , baixar normas para que os consumidores não sejam prejudicados ou...