segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

IMRI - Índice Mensal Real de Inflação- Sugestão:

No  Brasil  temos vários índices que medem a inflação envolvendo muitos itens diferenciados como (INPC,IGPM, IPCA, IGP, IPCA-15, IGP-DI, IGP 10, IPC-Fipe, INPC,INCC, etc.).

01- INPC - Índice nacional de preços ao consumidor.
02- IGPM - Índice Geral de preços do mercado (muito usado para o reajuste anual de aluguéis).
03- IPCA - Índice de preços ao  consumidor amplo.
04- IGP   - Índice gerais de preços.
05- IPCA 15 - Índice de preços ao consumidor quinzenal.
06- IGP-DI - Índice gerais de preços de disponibilidade interna.
07- IGP-10- Índice gerais de preços (11 de um mês até dia 10 do mês seguinte).
08- IPC-Fipe - Índice de preços ao consumidor.
09- IPC- S - Índice de preços ao consumidor semanal.
10- IPC - SP- Índice de preços ao consumidor SP.
11- INCC- Índice nacional da construção civil.

Mas para a maioria da população, seria importante ter um índice que mostrasse  a inflação mensal  REAL com os itens principais de mercadorias e serviços. Vários dos índices acima medem a inflação;semanal, de dez em dez dias, de 15 em 15 dias, mensal.

SUGESTÃO:

 Criar o IMRI (Índice Mensal Real de Inflação).


Nessa lista poderemos incluir alimentação, higiene e limpeza, aluguel, valor do condomínio, material de construção, contas de (água,  luz ,  telefone e  gás), combustíveis, manutenção do carro, lazer, IPTU, IPVA, Seguro DPVAT, preço de tarifas de (ônibus,trem, metrô), educação (mensalidade e material escolar), vestuário.

Obs: Quem vai nos supermercados toda semana, percebe a  grande variação nos preços de alimentos;os produtos de higiene e limpeza   subiram muito esse ano de 2015. É só comparar os preços de papel higiênico, sabão em pó e líquido, detergente, sabonetes , pastas de dentes, shampoo e outros.

Não podemos esquecer que o KWhora de energia subiu perto de 80% em 2015 , criação da bandeira vermelha, cobrada a cada 100 kwh de consumo. A conta do consumo de água também subiu muito e é cobrado também a taxa de coleta do esgoto. Quem gastou entre 201 kwh e 300 kwh em dezembro de 2015, pagou R$ 9,82 a mais por causa da bandeira vermelha. Cada consumidor deve olhar a sua conta.

Importante: Por que não se produz as lâmpadas de LED com preços populares; como o morador vai trocar suas lâmpadas incandescentes e fluorescentes se os preços das lâmpadas de LED variam de R$ 27,00 a mais de R$50,00, dependendo da potência em Watts. Mesmo trocando  um pouco por mês, o custo é muito alto. Depois de algum tempo perceberá que o valor da conta de Luz diminui bastante.   O governo federal deveria fornecer algum incentivo fiscal (não zerando impostos), para as empresas que ainda estão no Brasil produzir mais e diminuir os preços para o consumidor final.

16/07/2015 19h38 - Atualizado em 16/07/2015 20h46- Globo- G1 - Campinas e Região - dados tirados da Internet para colocação no texto.

Sanasa confirma 2º reajuste da água este ano, de 15%, a partir de agosto de 2015.

Em fevereiro, conta já teve alta de 11,9%; acumulado em 2015 é de 26,9%.
Prefeito menciona crise hídrica e aumento na energia elétrica para justificar.


Fotos de prateleiras e bancas de supermercados; copiadas da Internet só para fins ilustrativos
Resultado de imagem para fotos de prateleiras de material de limpeza em supermercados  Resultado de imagem para fotos de prateleiras de material de limpeza em supermercados

Postar um comentário