domingo, 3 de janeiro de 2016

LIQUIDAÇÕES APÓS FESTAS DE NATAL E DE ANO NOVO- CUIDADOS QUE DEVEMOS TER!

Todos os anos, após as festas de Natal e Ano Novo, a maioria das lojas, de diversos tipos de mercadorias, costumam anunciar suas liquidações. Como as vendas devem ter sido menores no ano de 2015, os comerciantes precisam liquidar para poder fazer frente às diversas despesas como pagamento de funcionários, de impostos, de aluguéis e outras.

Planejamento é a palavra chave do  consumidor; ele também terá diversas despesas nos primeiros meses do ano como IPVA, IPTU, Material Escolar e as despesas normais do mês que cada família tem.

A palavra liquidação é muito usada pela maioria dos lojistas, mas alguns, infelizmente, aumentam preços de algumas mercadorias e depois anunciam a % de desconto (isso foi mostrado pela mídia e o alerta feito por economistas); se você já tinha visto o preço de alguma mercadoria antes vai perceber que, com o desconto anunciado na vitrine, o preço poderá ser igual, maior ou menor do que era antes das festas.

Exemplo (poderá acontecer ou não!): Se uma mercadoria era vendida, antes do Natal a R$60,00, você poderá encontrar a mesma mercadoria a R$100,00 com 40% de desconto; como 40% de R$100,00 é R$40,00, a mercadoria que você poderá ou não comprar ficará no mesmo preço de R$60,00 (preço antes do final do ano de 2015). Muitos comerciantes vendem mais barato porque, além de fazer caixa, pretendem renovar o estoque.

Outra coisa: muitas vezes, nós consumidores, compramos por impulso mesmo não precisando dessa mercadoria para uso pessoal ou na casa. Portanto, nesse tempo de dificuldades, devemos ter cautela nas nossas atitudes de consumo. Só compre se realmente precisar ou planejou comprar depois das festas porque o preço, efetivamente, será reduzido.

Não esqueça: muitos produtos são peças únicas e se você precisar trocar poderá não encontrar o nº ou tamanho que deseja.



Postar um comentário