segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Arena Multiuso para futebol, escola e creche

Todos os dias a mídia escreve ou fala das dificuldades que o país atravessa para voltar a crescer (ajuste fiscal, desemprego, alta do dólar, queda das bolsas de valores ...) e as situações financeiras em que se encontram os times de futebol do Brasil.


SUGESTÃO:

Acredito, como professor, que os arquitetos e engenheiros deveriam estudar projetos de construção de estádios para clubes de futebol pensando no uso, não só pelos atletas mas também pelos moradores das comunidades vizinhas, com creches e escolas. A parte de baixo das arquibancadas poderiam ser utilizadas para esse fim, com entrada das crianças e jovens pela parte externa da mesma. Alguns países do mundo já fazem isso e no Brasil já tem  estádio  com 25 salas de aula embaixo das arquibancadas (Ex:  Univates -Vale do Taquari- Lajeado/RS); Gabão na África também usa o espaço embaixo das arquibancadas para salas de aula. Para evitar problemas, o estádio seria municipal com parceira publica privada;  a  prefeitura de Campinas e a empresa construtora receberiam aluguel pelo uso nos dias de jogos, de shows... e manteriam a conservação do mesmo. A manutenção dos 2 ou 3 centros de treinamento seria de responsabilidade dos  clubes que fariam uso dele. Poderia até ser feito um campo menor para ser usado pela comunidade, com entrada separada dos outros centros de treinamento. É uma ideia que precisa ser bem estudada e analisada pelas autoridades municipais  e dirigentes dos clubes de futebol de Campinas para saber de onde sairiam os recursos financeiros e a viabilidade do projeto. Fazer um estacionamento para motos, carros e ônibus, com seguranças, cobrando um valor de R$10,00 (no máximo), por um período de 4 a 5 horas, para manutenção do mesmo.

O texto abaixo foi tirado do site da Univates para ilustração.

Saiba mais sobre o Estádio Olímpico da UNIVATES

Além do futebol, o atletismo olímpico também é um esporte que passa a ser contemplado com a estrutura da Univates, por meio de pista sintética, certificada pela Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF) e apta a sediar competições de nível internacional. O local pode receber competições em diversas modalidades de atletismo, como salto em distância, salto em altura, arremesso de disco, de dardo e martelo.
Esta foi a primeira obra da qual a Univates teve total gerenciamento e administração, principalmente a parte da arquibancada. Dessa forma, o custo final da obra tornou-se significativamente menor. Além dos ganhos esportivos, o ensino também tem espaço nas 25 salas de aula disponíveis, e algumas, inclusive, já receberam atividades acadêmicas. As salas estão localizadas na parte inferior das arquibancadas, com capacidade para receber 1.920 pessoas, incluindo espaço para pessoas com deficiência.
A água que irriga o campo é proveniente de duas fontes: da chuva, por meio dos telhados do Complexo Esportivo e do reaproveitamento da água do próprio campo, e de um poço artesiano. A cisterna tem capacidade para armazenar 80 mil litros de água da chuva. A obra fortalece o ideal da Univates, de sempre buscar a sustentabilidade e a eficiência energética em suas novas edificações.
 Resultado de imagem para foto do estadio da univates  Resultado de imagem para foto do estadio da univates   Resultado de imagem para foto do estadio da univates
Imagens do estádio da Univates (fotos meramente ilustrativas).


Fotos do estádio no Gabão ( África)-meramente ilustrativas.
Salas de aula embaixo das arquibancadas.

Resultado de imagem para estadio no Gabão com sala de aula  Resultado de imagem para estadio no Gabão com sala de aula   Resultado de imagem para estadio no Gabão com sala de aula



Em 26/12/2012, o Correio Popular de Campinas publicou no Correio do Leitor um texto sobre o assunto acima.


Arena multiuso
Alcinio S.Daher
Professor, Campinas
Seria muito importante a construção de uma arena multiuso para os dois clubes de Campinas utilizarem, mas o local apropriado, creio eu, seria perto do Aeroporto de Viracopos, na Rodovia Santos Dumont, perto da Rodovia dos Bandeirantes. Por que isso? Além de facilitar a locomoção dos times de Campinas e dos que vem jogar aqui, facilitaria também o trabalho da Polícia Militar na prevenção. Os dois estádios, nos lugares que estão, muito populosos, sem estacionamento, com trânsito intenso, não têm condições de receber grandes jogos. Além da arena, estacionamento fechado, poderiam ser construídos dois centros de treinamento e a parte de baixo das arquibancadas poderia ser utilizada como escola ou creche pelos moradores dos bairros próximos. (...)



Outra Sugestão:  Para não atrapalhar o trânsito na entrada e saída para o Aeroporto de Viracopos, a arena poderia ser construída depois da entrada do mesmo (lado direito no sentido Campinas-Indaiatuba), com uma avenida ligando a arena com o Aeroporto, facilitando a locomoção dos times que usariam o avião para se locomover.
Postar um comentário