terça-feira, 15 de novembro de 2016

Febre Amarela Silvestre e Urbana - Malária


Febre Amarela e Malária: as pessoas que gostam de entrar na mata para pescar, caçar (é proibido), ecoturismo, caminhadas ou fazer outra atividade deve se precaver sobre várias doenças, entre elas a Febre Amarela e  a Malária. Quem mora nas áreas mais afetadas tem que fazer uso da tela mosquiteira nas janelas, mosquiteiros para proteger os berços e as camas e repelentes para diminuir o perigo de ser picado. Não aplicar repelentes perto dos bebês, embora se propague que, atualmente, existe um com pouca toxicidade.

Para se prevenir da Febre Amarela (doença por vírus), existe uma vacina (gratuita) que pode ser aplicada e tem validade por 10 anos.

Como é transmitida a Febre Amarela?
           Foto copiada da Internet só para fins meramente ilustrativo.Aedes aegypti e Haemagogus

A febre amarela é transmitida aos seres humanos pela picada da fêmea do mosquito Haemagogus, quando essas pessoas entram na mata (principalmente na Região Norte e Centro Oeste);  essa doença é chamada de Febre Amarela Silvestre. Se a pessoa com essa febre silvestre vier para a cidade e for picada pela fêmea do mosquito Aedes aegypti, esse mosquito contaminado poderá picar outras pessoas e provocar a Febre Amarela Urbana.


Como é transmitida a Malária?
Foto copiada da Internet (O Globo) para fins meramente ilustrativo-Mosquito Anopheles

Infelizmente, para a Malária, os pesquisadores ainda não conseguiram desenvolver uma vacina que protege 100% como a da Febre Amarela (mas as experiências e os testes continuam); essa doença é causada por um protozoário do gênero (Plasmodium) presente na fêmea do Mosquito Anopheles. que pica as pessoas e transmite a doença. A Região Norte do Brasil é a que apresenta o maior nº de casos. Vários países da África e na Índia tem muitos casos registrados da Malária.

Existem no mundo, várias espécies de mosquito do gênero Anopheles e como exemplo podemos destacar três:

01) Brasil: darlingi
02) África: gambiae
03) Índia : stephensi

Plasmodium

Existem 4 tipos principais de Plasmodium: vivax, falciparum , malarie e ovale ( na África). O Ciclo das febres tem intervalos diferentes.

01) vivax: Febre terçâ benigna. Ciclo de 48 horas; mais comum e frequente no mundo todo.

02) falciparum: Febre terçâ maligna. Ciclo de 48 horas. Pode causar a morte pois é o plasmodium mais perigoso para os seres humanos.

03) malarie: Febre Quartã. Ciclo de 72 horas; é menos agressivo.

04) ovale: mais disseminado na África. Febre terçã benigna.



Postar um comentário